Lá se pensam, cá se fazem.

OFFICINA

Ao longo dos tempos as profissões manuais foram sendo abandonadas e negligenciadas pela sociedade. A sociedade transformou-se num espaço do consumo novo e descartável. Os artesãos foram abandonando as suas oficinas deixando cair no esquecimento a sua sabedoria e experiência, a nossa tradição. A OFFICINA quer trazer de volta à comunidade urbana essas experiências de vida e, mais do que isso, a OFFICINA projecta promover a partilha de recursos e ideias e a passagem de conhecimento técnico e pessoal entre gerações e entre artesãos/artistas. A OFFICINA pretende fazer a reocupação de um espaço urbano desocupado com o objectivo de promover a reabilitação do edificado e a dinamização da comunidade em que se insere. A OFFICINA irá estar ao serviço da comunidade pela criação de um espaço polivalente para ir ao encontro das necessidades de cada artesão/artista. A OFFICINA disponibilizará vários espaços de intervenção: concepção/criação, corte, pintura, montagem, armazém e montra/galeria. A OFFICINA pretende contar com a presença de artesãos/artistas residentes mas também terá as portas abertas para utilizadores temporários poderem criar, executar e promover as suas peças. A OFFICINA fornecerá as ferramentas e maquinaria mais importantes para que cada artesão/artista possa conceber as suas peças de forma sustentável, minimizando a sua estrutura e o seu investimento. A disponibilização de um espaço de utilização partilhada de ferramentas e equipamentos pode ser, em muitos casos, a peça-chave para o despelotar de criação de valor e para a recuperação ou para o início de uma profissão.

Ana Filipa Ferrão Gonçalves

Visionário
Maputo, Moçambique

Rita Gonçalves

Comunicador
Lisboa, Portugal

Rui Manuel Carinha Bóia

Facilitador
Lisboa, Portugal

Comentários